SORRI!

Quando parece, a sós contigo,
Que o mundo fala mal de ti
Então, escuta o que te digo... Sorri!

E se a quem tens demais querido
Te esquece, enfim, se vai de ti,
Lembra que é um presumido... Sorri!

E nos teus olhos me conserva
Para eu contigo sempre estar.
Hoje te amo mais que ontem
E amanhã mais vou te amar.

E se contudo tu me amares
Guarda a lembrança do que for.
E não te esqueças que eu um dia
Te doei todo o meu AMOR.

Poema do romeno Ion Minulescu, poeta lírico, sem hermetismo, que alcançou imensa popularidade na Romênia com as suas romanças.