ABYSSUS ABYSSUM INVOCAT

Errando sob um céu de vária lua
fui beduíno, fui caravaneiro
seguindo as rotas vãs de um caminheiro
sem oásis em que sombra usufrua 
em um descanso, o vago viageiro.
O sol dana os meus dias sobre a nua
e enrugada tez da estrada e estua
a terra, em abissal despenhadeiro.
Na busca inquietantíssima do verbo
dos mais fundos contrastes me assoberbo
e chego, exausto, a esse fatalismo:
entre sombras e assombros, eu persigo
com palavras que são berço e jazigo
o abismo do verbo em meu abismo.