DA MAIA AO JAGUARIBE

Na Maia, terra que acolheu senhores
vindos do extinto reino de Leão
cultivam-se hoje em dia ainda os favores
das maias, deusas de fervor pagão.
Quando se finda abril e o mês das flores
colore os campos, vão em procissão
as moças e os rapazes aos amores
desta primaveril invocação.
Da lá me chega uma memória a dar
lembranças ao meu rio e não me inibe
o canto desta estirpe milenar.
É maio e a musa, eu sei, não me proíbe
de construir por sobre o vasto mar
a ponte que une a Maia ao Jaguaribe.